Definição

Um planeta de zona habitável ou "goldilock" é um planeta que tem condições favoráveis ao surgimento, desenvolvimento e evolução de vida devido ao facto de estar a uma distância da estrela ou estrelas que orbita em que a sua temperatura não é nem demasiado alta nem demasiado baixa e há atmosfera e água sob o estado líquido à sua superfície.

Devido a essa distância, há uma zona denominada Zona Habitável Circum-estelar ou Zona Temperada, bem como Zona da Vida, Zona de Conforto e Zona Verde.

A Zona Temperada ou Zona Habitável de um sistema estelar, para além da distância de um planeta em relação a uma estrela, também varia consoante as características de uma estrela, isto é, consoante a massa, tamanho, temperatura e intensidade da radiação (na qual se inclui a luz) emitida.

As estrelas podem ser classificadas em várias tipologias consoante essas características.
A Terra é o exemplo de um planeta que se situa na Zona Habitável Circum-estelar ou Zona Temperada do seu sistema estelar - o sistema solar.

Está situada a uma média de 150 milhões de quilómetros (150 000 000 km) de distância da sua estrela - o Sol.

Essa distância é a base para a Unidade Astronómica (UA) que serve de referência para a medição de distâncias médias no espaço (sobretudo no interior de sistemas estelares, distâncias dos planetas entre si e entre estes e a estrela) sendo menor que o Ano-luz.